Home Lentes de contacto Esclareça connosco estes mitos sobre lentes de contacto!
Esclareça connosco estes mitos sobre lentes de contacto!

Esclareça connosco estes mitos sobre lentes de contacto!

0
0

Tal como qualquer outro tema que desperte interesse, as lentes de contacto são alvo de muitos mitos. Quem é que nunca escutou um familiar afirmar, com toda a certeza, um pressuposto que, depois, vai-se a ver e está errado? Ou quem é que nunca ouviu um amigo proferir uma afirmação sobre lentes de contacto que, posteriormente, se mostra como algo com pouco fundamento? Felizmente que, na Chiado Eyeglass Factory, pode contar com uma equipa de optometristas pronta para esclarecer até os maiores mitos!

Esta é uma das suposições mais frequentes: acreditar que não se pode usar lentes de contacto. No entanto, a verdade é que, devido aos avanços tecnológicos dos últimos anos, praticamente todas as pessoas podem recorrer a este tipo de lentes. Por exemplo, hoje em dia, até já existem umas lentes de contacto bifocais, perfeitas para aqueles que sofrem de presbiopia, ou seja, para aqueles que não são capazes de focar tão bem os objetos ao perto. Por outro lado, há lentes macias, ideais para a correção do astigmatismo, isto é, para corrigirem a visão turva ao perto e ao longe.

E será que as lentes de contacto são desconfortáveis? Nada disso! A maior parte dos nossos visitantes tem esse receio, mas, depois de um curto tempo de adaptação, quase todos asseguram que nem sequer se nota que se está a usar lentes de contacto. E, para aqueles que sentem um desconforto, sempre se pode recorrer a diversas soluções simples.

Eis outra desvantagem que muitos, de forma errada, atribuem às lentes de contacto: estas dão bastante trabalho. Mas olhe que, na verdade, não há nada mais simples: é só preciso uma pequena embalagem para limpar e desinfetá-las de forma fácil. E há sempre as lentes descartáveis!

Quer esclarecer mais mitos sobre lentes de contacto? Venha ter connosco! A Chiado Eyeglass Factory está a postos para tirar todas as dúvidas!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *